terça-feira, 19 de julho de 2011

BOAS FÉRIAS!!!

Recados Para Orkut


Aprendendo com a prática

O SOLO E A VELOCIDADE DE ESCOAMENTO
Para exemplificar os tipos de solo e a velocidade de escoamento da água os alunos da 3ª fase do 2º ciclo (5ª) realizaram uma atividade prática no qual utilizaram três garrafas pet cortadas mais ou menos ao meio para servir de copo e funil para a experiência, assim:










A turma foi dividida em três grupos que ficaram responsáveis de montar o funil com seu tipo de solo. Todos colocaram algodão no bico do funil, mas um grupo acrescentou areia, o outro somente argila e o terceiro grupo colocaram areia e argila misturada. Os alunos comprovaram suas hipóteses através dos seguintes resultados:
  • No funil com apenas areia a água passou rapidamente;
  • No funil com argila a água demorou passar, ficando encharcado;
  • No funil com areia e argila misturada a água atravessou mais lentamente, mas não ficou encharcado;
Os solos mais adequados para a agricultura possuem uma certa proporção de areia, argila e sais minerais utilizados pelas plantas, além do húmus. Essa proporção facilita a penetração da água e do oxigênio utilizado pelos microrganismos decompositores. Mas existem plantas que conseguem se adaptar muito bem a outros tipos de solo. Por exemplo, certas plantas conseguem armazenar rapidamente a água que passa pelo solo. Podem, assim, crescer em terrenos arenosos, que não retêm muita água. É o caso dos coqueiros. 
Parabéns turma, mais uma vez vocês foram D+... Curtam bem as férias e voltem bem animados para continuarmos nossos estudos sobre o solo, afinal descobrimos que é do solo que obtemos recursos necessários para nossa sobrevivência, mas o solo também pode nos transmitir algumas doenças... Até a volta! Abraços!!!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Jogo Show da Genética

Clique no link abaixo e realize o jogo show da genética baseado no show do milhão, é uma forma interativa de aprender alguns conceitos de genética, a ciência da hereditariedade. Este tema está sendo abordado com os alunos do 1º e 3º Ano do Ensino Médio... Valeu, um abraço!!!
 http://www.ibb.unesp.br/extensao/difundindo_popularizando_ciencia/material_produzido.php

Funções químicas: ácidos e bases


Durante uma atividade proposta em sala sobre funções químicas o aluno Welter da 3ª fase 3º ciclo “B” (8ª) produziu um texto relatando sobre algumas propriedades químicas dos ácidos e das bases, duas funções químicas presentes em diversas substâncias do nosso dia-a-dia. Os ácidos estão presentes nos alimentos e em nosso corpo, como o ácido cítrico no limão e o ácido clorídrico no estômago. Já o leite de magnésia, utilizado como antiácido é uma base ou hidróxido, esta função química também está presente na composição de diversos produtos como soda cáustica, cal extinta, sabão em pó entre outros... VALE LEMBRAR QUE MUITOS ÁCIDOS E MUITAS BASES SÃO TÓXICOS E CORROSIVOS, NÃO DEVEM SER INGERIDOS OU ASPIRADOS E NEM DEVEM ENTRAR EM CONTATO COM A PELE... Valeu Welter pela criatividade e contribuição em nossas aulas, espero contar sempre com seus textos cheios de aventuras.

A guerra entre ácidos e bases
Em 1994 os ácidos e as bases se preparavam para uma guerra que ia marcar gerações, os ácidos estavam em sua base se preparando com muito hidrogênio(H+), as bases também estavam se preparando, mais com uma arma nova o hidróxido(OH-), preparados os ácidos foram para o campo de batalha e depois chegaram as bases.
As bases entraram num rio e de repente os ácidos começaram a jogar íons+ com cargas positivas na água e como as bases tinham íons- com carga negativa também começaram a liberá-las, essas cargas negativas escaparam e geraram uma corrente elétrica e aí levaram um baita choque.
Neste momento as bases se revoltaram e com seus aviões jogaram íons carregados de hidróxido (OH-) e neutralizaram os ácidos, e então todas as bases começaram a comemorar a sua vitória.
 Voltando para sua cidade receberam medalhas e o curioso prefeito perguntou:
  - Como vocês conseguiram ganhar?
E as bases disseram:
- Porque nós somos bases e temos coisas que os ácidos não têm como o hidróxido e também um pH maior que vai de mais de 7 a 14 e eles apenas um pH que varia de 1 a menos que 7, pois quem tem pH 7 é neutro e esse não é nosso caso.
E assim as bases foram para seus lares muito felizes.

Welter Cristian Scarpazza Leite