quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Cuidado com alimentos com sinais de mofo

O mofo que é visível na superfície dos alimentos é apenas a ponta do iceberg, de acordo com informações da Science Times.
O mofo é formado por fungos que têm três partes: os fios da raiz, que penetram profundamente no alimento; um caule, visível acima do alimento, e os esporos, no final do caule.
Como as raízes do fungo estão dentro do alimento é melhor evitar alimentos com qualquer sinal de mofo.
Alguns fungos podem causar fortes reações alérgicas, incluindo problemas respiratórios, em pessoas sensíveis. Em algumas variedades, as raízes produzem substâncias tóxicas chamadas micotoxinas, que pode deixar a pessoa muito doente.
O mofo pode aparecer como "pêlo cinza sobre carnes, pontos verdes no pão, pó branco em queijos, círculos do tamanho de moedas em frutas e sulcos aveludados em forma de círculos na superfície de geléias," segundo informa o Departamento da Agricultura dos Estados Unidos.
Mas o mofo também tem o seu lado bom. Ele produz o queijo gorgonzola e foi através de um bolor comum no pão que a penicilina foi criada. Além disso, fungos desempenham um papel importante na decomposição dos resíduos orgânicos.

Redação Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário